Prêmio Anísio Costa Toledo

REGULAMENTO

I. Da instituição e finalidades
Como homenagem à obra de Anísio Costa Toledo, um dos introdutores da Cirurgia de Cabeça e Pescoço no Brasil, fica instituído o Prêmio “ANÍSIO COSTA TOLEDO”, de conformidade com a Assembléia Geral Ordinária da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço realizada em Fortaleza, em Setembro de 1989, durante seu XII Congresso. Tem este Prêmio a finalidade de estimular a criatividade e espírito científico entre os Médicos Residentes de todo o país que demonstrem interesse na área da especialidade. Será concedido bienalmente, por ocasião do Congresso Brasileiro de Cirurgia de Cabeça e Pescoço a partir de sua XIIIa. edição (1991).

II. Das inscrições
Concorrerão ao Prêmio os trabalhos inscritos como Tema Livre sobre Cirurgia de Cabeça e Pescoço, elaborados individual ou coletivamente por Médicos Residentes, obedecendo aos seguintes requisitos:

1. Os Médicos Residentes deverão estar inscritos, durante a elaboração do trabalho, em um programa de Residência Médica oficialmente credenciado pelo MEC, e deverão exibir a respectiva comprovação quando da inscrição do trabalho;
2. Será permitida a inclusão de apenas um Co-Autor que já tenha completado a sua Residência Médica, à guisa de orientador;
3. O trabalho deverá ser inédito (não ter sido publicado ou apresentado como Tema Livre, Trabalho Científico, ou Tese) e inscrito no Congresso com uma nota especificando que ele concorrerá ao Prêmio “Anísio Costa Toledo”;
4. Deverá ser enviado dentro do prazo estipulado para a inscrição dos Temas Livres e endereçado à Comissão Científica do respectivo Congresso;
5. Deverá ser enviado com texto e documentação completos, em 4 (quatro) vias datilografadas em espaço duplo;
6. O(s) Autor(es) poderá(ão) concorrer com um único trabalho, submetendo-se a este direito também a co-autoria;
7. Além da inscrição do trabalho, o(s) Autor(es) deverá(ão) estar regularmente inscritos no referido Congresso Brasileiro de Cirurgia de Cabeça e Pescoço;
8. Quando Membros, deverão estar devidamente quites com a Tesouraria da Sociedade.

III. Da apresentação
Os trabalhos concorrentes ao Prêmio merecerão uma sessão especial de Temas Livres a realizar-se durante o Congresso. A apresentação dos trabalhos deverá ser feita obrigatoriamente pelo Autor ou um dos Co-Autores, no prazo máximo de 15 (quinze) minutos, e assistida por todos os Membros da Comissão Julgadora.

IV. Do julgamento
A Comissão Julgadora será constituída por 3 (três) Membros Efetivos, escolhidos em Reunião de Diretoria da Sociedade e antes de cada Congresso, sendo condição indispensável não serem autores nem possuírem nenhuma espécie de vínculo com qualquer trabalho concorrente ao Prêmio. Os elementos integrantes dessa Comissão receberão previamente os originais dos trabalhos inscritos e deverão assistir às suas apresentações. Após a sessão, em reunião secreta, os Membros da Comissão decidirão, a seu critério, a outorga do Prêmio. Este poderá não ser concedido caso a Comissão Julgadora decida que nenhum dos trabalhos apresentados reuna a necessária qualificação. Havendo número excessivo de trabalhos concorrentes ao Prêmio, a Comissão Julgadora, a seu critério, poderá proceder a uma pré-qualificação, destinada a selecionar quais trabalhos serão efetivamente apresentados.

V. Do prêmio
A láurea constará de Diploma e de um valor em espécie, que será estipulado em reunião de Diretoria, bienalmente e antes de cada Congresso, sempre consoante à disponibilidade financeira da Sociedade, e entregue ao(s) Autor(es) do trabalho premiado após a divulgação do resultado. O trabalho vencedor será publicado na Revista Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço, órgão oficial da Sociedade.

VI. Dos casos omissos
Os casos omissos serão resolvidos pela Diretoria em reunião especialmente convocada para tal fim.

Parágrafo único: o presente Regulamento do Prêmio “Anísio Costa Toledo” poderá ser parcial ou totalmente modificado, caso a Diretoria, pela maioria de seus Membros, julgue oportuno ou conveniente, sempre após prévio estudo da Comissão especialmente designada para tal fim e composta por elementos pertencentes à Comissão Científica da Sociedade, ou ainda, por resolução da Assembléia Geral Ordinária da Sociedade.

Mídia

Ver mais

Palavra do Presidente

Fernando Walder

Prezados colegas. Estamos diante de uma das maiores crises já vivenciadas por este país. Enfrentamos um turbilhão de dúvidas econômicas e políticas que, ameaçam a estabilidade alcançada ao longo de anos. Tais incertezas trouxeram de volta o fantasma da inflação e desemprego.

Saiba mais